Em persa, Trump tuíta contra o governo do Irã e diz ao povo iraniano que ‘está a seu lado’

Na rede social, o presidente norte-americano cobra monitoramento das ações do governo do Irã e diz ao “corajoso e sofrido povo iraniano” que acompanha seus protestos de perto.


Neste sábado (11), o presidente dos Estados Unidos Donald Trump voltou a usar as redes sociais para mandar uma mensagem ao governo do Irã. E, dessa vez, Trump se expressou com a língua oficial dos iranianos.

Trump disse que tem um 'pressentimento terrível' sobre a queda do avião — Foto: Reuters/Kevin Lamarque

Trump disse que tem um 'pressentimento terrível' sobre a queda do avião — Foto: Reuters/Kevin Lamarque

Trump disse que tem um ‘pressentimento terrível’ sobre a queda do avião — Foto: Reuters/Kevin Lamarque

No Twitter, o presidente norte-americano publicou primeiro um post direcionado ao povo do Irã. Em tom elogioso, chama os iranianos de corajosos e inspiradores e afirma que está a seu lado.

به مردم شجاع و رنج کشیده ایران: من از ابتدای دوره ریاست جمهوریم با شما ایستاده‌ام و دولت من همچنان با شما خواهد ایستاد. ما اعتراضات شما را از نزدیک دنبال می کنیم. شجاعت شما الهام بخش است.

January 11, 2020

“Para o corajoso e sofrido povo iraniano: estou do seu lado desde o início da minha presidência e meu governo continuará ao seu lado. Estamos acompanhando seus protestos de perto. Sua coragem é inspiradora”, escreveu Trump.

Minutos depois, ele publicou outra postagem, na qual recomenda que grupos de direitos humanos monitorem e denunciem eventuais abusos pelas forças de Estado contra manifestantes nos crescentes protestos que despontam em Teerã.

A onda de manifestações cresceu depois que o governo iraniano reconheceu a culpa pela tragédia da quedo do avião Boing 737, que matou 176 pessoas. Segundo comunicado oficial, seus militares derrubaram sem intenção o avião ucraniano que caiu na quarta-feira (8) perto de Teerã.

دولت ایران باید به گروه‌های حقوق بشر اجازه بدهد حقیقت کنونی اعتراضات در جریان مردم ایران را نظارت کرده و گزارش بدهند. نباید شاهد کشتار دوباره ی معترضان مسالمت آمیز و یا قطع اینترنت باشیم. جهان نظاره گر این اتفاقات است.

January 11, 2020

“O governo do Irã deve permitir que grupos de direitos humanos monitorem e denunciem a a realidade atual sobre os protestos em andamento do povo iraniano. Não pode haver outro massacre de manifestantes pacíficos, nem a internet pode ser fechada. O mundo está assistindo”, afirmou Trump em seu tuíte.

Queda de avião ucraniano no Irã — Foto: Roberta Jaworski e Rodrigo Sanches/G1

Queda de avião ucraniano no Irã — Foto: Roberta Jaworski e Rodrigo Sanches/G1

Queda de avião ucraniano no Irã — Foto: Roberta Jaworski e Rodrigo Sanches/G1

QUEDA DE AVIÃO NO IRÃ COM 176 A BORDO

Newsletter G1Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Read More

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui