Falsos médicos que atuavam no Maciço de Baturité são alvos de mandados de prisão em operação policial no Ceará

As investigações ocorrem Alto Santo, Fortaleza, Paraipaba e Tabuleiro do Norte.


Operação da polícia contra a atuação de falsos médicos. — Foto: Polícia Civil do Ceará/Divulgação

Operação da polícia contra a atuação de falsos médicos. — Foto: Polícia Civil do Ceará/Divulgação

Operação da polícia contra a atuação de falsos médicos. — Foto: Polícia Civil do Ceará/Divulgação

Um enfermeiro e um acadêmico de medicina foram presos por realizar consultas médicas ilegais no Ceará. Segundo a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), o enfermeiro foi preso na cidade de Paraipaba e o estudante em Sobral. As prisões ocorreram na manhã desta sexta-feira (10).

A operação ainda está em andamento e cumpre mandados de prisão, busca e apreensão contra falsos médicos que trabalham em unidades hospitalares da Região do Maciço do Baturité.

A operação denominada “Filhos de Hipócrates” cumpre os mandados nos municípios de Alto Santo, Fortaleza, Paraipaba e Tabuleiro do Norte. Ao todo, 20 policiais civis participam dos trabalhos investigativos.

O órgão deve repassar mais informações ao longo do dia.

Newsletter G1Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Read More

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui