ibge consurso 2019

O novo processo seletivo do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – está com edital publicado (nº 1/2019). São ofertadas 209 vagas temporárias por meio de uma seleção simplificada conduzida pelo Instituto Brasileiro de Apoio ao Desenvolvimento Executivo – IBADE.

Das 209 vagas que estarão em disputa, 4 são para Agente Censitário Municipal (nível médio), 25 são para Agente Censitário Supervisor (nível médio) e 180 são para Recenseador (nível fundamental).

Os profissionais serão vinculados ao IBGE para atuar no Censo Experimental 2019. A retribuição mensal para Agente Censitário Municipal será de R$ 2.100,00, enquanto que para Agente Censitário Supervisor, R$ 1.700,00.

Apenas os contratados para a função de Recenseador receberão a retribuição mensal por produção. Esse valor, segundo o edital, será calculado por setor censitário, conforme taxa fixada previamente por unidades recenseadas (domicílios urbanos e/ou rurais), pessoas recenseadas e registro no controle da coleta de dados.

A previsão é de que os contratos durem até até seis meses para as funções de Agente Censitário Municipal e Agente Censitário Supervisor, e de até dois meses para a função de Recenseador.

Inscrições

Para efetuar sua inscrição, o interessado deve, entre 22 de maio e 09 de junho de 2019, acessar o sítio eletrônico do IBADE: http://www.ibade.org.br

Será necessário pagar uma taxa no valor de R$ 42,50 ou R$ 25,00, conforme a função pleiteada.

Provas IBGE 2019

Para as funções de Agente Censitário Municipal e Agente Censitário Supervisor será  aplicada uma prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório.

Para Recenseador, a seleção vai se constituir de prova objetiva e de treinamento, ambas de caráter eliminatório e classificatório. Esse treinamento vai capacitar o Recenseador para a aplicação de conceitos e procedimentos estabelecidos para o Censo Experimental 2019.

A aplicação da prova objetiva está prevista para o dia 21 de julho de 2019. As questões envolverão, a depender da função, conhecimentos de Língua Portuguesa, Matemática, Raciocínio Lógico, Noções de Administração/ Situações Gerenciais e Conhecimentos Técnicos.

Edital foi primeiramente publicado no DOU de 21 de maio de 2019.

O censo experimental 2019

O censo experimental é considerado um ensaio geral para o Censo Demográfico que acontecerá em 2020. Seu objetivo é avaliar e aperfeiçoar os procedimentos a serem realizados durante o recenseamento.

Ainda não se sabe os locais onde este censo será realizado, mas a ideia é realizar a coleta em um município de até 200.000 habitantes e também em quatro distritos, de forma que as cinco regiões do Brasil sejam abrangidas.

Concurso IBGE

Além deste processo seletivo já aberto, é grande a expectativa pelo concurso IBGE para efetivos. Espera-se que o Ministro da Economia autorize futuramente pelo menos 1.800 vagas. No entanto, com a filosofia ministerial de limitar ao máximo a abertura de novos concursos federais, não há como se prever quando sairá essa portaria…

Censo IBGE 2020 pode abrir mais vagas

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) ainda pretende abrir novas vagas por meio de outro processo seletivo para contratação de temporários, que possam atuar no censo demográfico de 2020. Porém, ainda não há portaria autorizativa.

O seletivo irá preencher as vagas necessárias para Recenseador, Agente Regional e Administrativo, Agente Municipal e de Informática, Analista Censitário e Agente Supervisor.

Em pronunciamento de fevereiro de 2019, a nova presidente do IBGE, Susana Cordeiro Guerra, enfatizou que esse Censo será o “principal desafio da instituição”, especialmente pela questão da carência de pessoal do Instituto.

O órgão, segundo Suzana, sofreu uma queda significativa de funcionários, passando de 7 mil para 5 mil funcionários nos últimos oito anos. E ainda ressaltou que as perdas serão maiores, por conta dos servidores que já estão em processo de aposentadoria.

Vagas

De acordo com informações do órgão, serão previstas oportunidades para candidatos em todos os principais níveis de escolaridade (do fundamental ao superior).

O número entre 240 e 250 mil contratações temporárias previstas nesse processo seletivo IBGE ainda está sendo discutido e, portanto, não passa de uma estimativa.

A função de Recenseador é uma das que mais exigem número elevado de pessoas e é uma das mais acessíveis, por exigir apenas o nível fundamental.

Remunerações e contrato

O período de contratação ocorre de acordo a necessidade aplicada do cargo. Por isso, faz-se importante frisar que o certame deverá contemplar candidatos e treiná-los, para que, em 31 de agosto de 2020, iniciem os trabalhos do censo demográfico.

Confira o período de contrato abaixo de acordo o cargo:

  • Recenseadores possuem contrato de até 05 meses;
  • Agentes regional e administrativo o contrato é de até 12 meses;
  • Agentes municipal e de informática o contrato é de até 10 meses;
  • Agente supervisor possui contrato de até 09 meses.

Quanto ganhará cada profissional ainda está sendo discutido. Mas observando os valores base do último concurso temporário, ocorrido em 2010, pode-se estimar algo superior a R$ 2.600,00, de acordo a produtividade, para Recenseadores.

Agente censitário supervisor deverá perceber o valor bem acima de R$ 2.058,00. Os valores da seleção passada chegavam até R$ 2.958,00, a depender do cargo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.