Itália vence na festa do tetra da seleção brasileira

Vídeo do Dia: Red Bull Bragantino estaria negociando com o português Carlos Carvalhal

A festa da conquista do tetracampeonato mundial pela Seleção Brasileira de Futebol foi estragada pela Itália. A seleção dos masters do tetra brasileiro perdeu por 1 X 0, nesta quinta-feira (9), em Fortaleza (CE). Massaro acabou com a comemoração verde e amarela e se vingou 25 anos depois. Foi um gol sofrido, suado, emocionante, no final do jogo – 34 minutos do segundo tempo.

No dia 17 de julho de 1994 o Brasil venceu a Itália e faturou o tetra no mundial. Na Copa do Mundo nos EUA o Brasil levou a taça nos pênaltis.

Time quase completo

De qualquer forma foi uma noite de comemorações. O time brasileiro estava quase completo, apenas sem o capitão Dunga e Branco. O Brasil entrou em campo com Taffarel; Jorginho, Aldair, Márcio Santos e Cafu; Mauro Silva, Mazinho, Zinho e Paulo Sérgio; Bebeto e Romário. Viola, Mauro Galvão, Palhinha, Ronaldão e Careca.

Romário foi o grande destaque do jogo, infernizando os italianos e mostrando grande disposição nos 70 minutos do duelo de gigantes.”Valeu a festa”, comemorou Romário com humildade e profissionalismo, destacando que muitas crianças hoje não conheceram essa seleção que fez história, e agora muita gente teve a oportunidade de acompanhar ao vivo no estádio Presidente Vargas – com 18 mil torcedores – ou na TV.

Romário teve um gol anulado, mas para ele, isso não estragou a festa. O importante no futebol, é sempre competir. Era uma noite de festa e de boas recordações.

Jogo emocionante

Apesar da derrota, o Brasil chegou perto das redes adversárias. No primeiro minuto da partida, as chuteiras mal estavam aquecidas e Paulo Sérgio mandou um chutão na trave italiana. O goleiro Rossi empalideceu. O público delirou. Parecia que ia ser a festa perfeita.

Minutos depois, Cafu também chutou forte e Rossi estava atento e defendeu. Alegria total da galera. Parada para hidratação da velha guarda, e ao retornar Romário marcou um gol… anulado por posição irregular. A seleção brasileira mantinha a pressão. E a Itália estava acuada. A torcida empurrava o time.

No segundo tempo o Brasil fez inúmeras substituições.

A Itália também. Muito bom. Deu chance para todo mundo que estava no banco jogar. Aos nove minutos dessa segunda etapa Bebeto cobrou uma falta perigosa que passou raspando no canto direito da trave de Braglia. A Itália quase abriu o placar aos 23 minutos, quando Gilmar saiu do gol para defender uma bola, que escapou, e quase foi um gol contra.

Logo depois uma vingança do destino: gol contra favorecendo o Brasil. O árbitro cancelou, por impedimento. A Itália acordou. Aos 27 minutos desse segundo tempo Zola mandou forte para o gol brasileiro, Gilmar se jogou para defender, e a bola bateu na trave. Minutos depois Berti passa a bola para Massaro, numa distração brasileira, e faz o gol.

Foi um jogo justo. Muita gente comentou que a Itália poderia ter vencido em 1994. Agora ficou quites.

Não perca a nossa página no Facebook!

© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Read More

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui