Prefeitura de Belo Horizonte oferta cursos de Gastronomia Mineira

0
814
gastronomia mineira
Alunos da Educação de Jovens e Adultos, a população atendida pelo Centro de Referência LGBT e por Centros de Referência da Assistência Social e pessoas em trajetória de rua atendidas pelos serviços da Prefeitura de Belo Horizonte têm um importante apoio para inserção no mercado de trabalho. O programa Valorizar a Gastronomia articulada às Bases da Agroecologia, lançado este ano pela Prefeitura, oferece qualificação nas áreas de panificação, confeitaria, gastronomia mineira e belo-horizontina e empreendedorismo gastronômico. As aulas acontecem no Centro de Referência em Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (Cresans) Mercado Popular da Lagoinha.

“As atividades realizadas no Cresans cumprem um importante papel social em Belo Horizonte, sob o ponto de vista econômico e cultural, enquanto instrumento de promoção e resgate da cidadania, proporcionando acesso à geração de renda para os estudantes”, considerou Gladys Andrade, gerente do Cresans.

As turmas são formadas a partir dos encaminhamentos realizados pelos serviços municipais. A gestão do programa é da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania. A Secretaria Municipal de Educação e o Sebrae MG são parceiros das ações. Para os próximos módulos, foram reservadas vagas para a requalificação de profissionais que atuam em feiras e eventos gastronômicos da cidade.

Mais oportunidades

A população em geral pode participar do Curso de Agroecologia ofertado no Cresans, também organizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social. Na formação são disponibilizados módulos de orientação técnica e prática, para o fomento de hábitos alimentares e de cultivo sustentáveis de base Agroecológica.

“A Agroecologia busca uma relação harmônica com o planeta, a partir de uma observação consciente dos recursos disponíveis no meio ambiente, seja a partir do descarte de lixo, com sustentabilidade, ou através de práticas para a alimentação saudável das comunidades, com a geração de renda para o indivíduo”, destaca Marcelo Torino, 42 anos, aluno da primeira turma do Curso de Agroecologia, cuja formatura aconteceu no final de agosto deste ano.

Vagas remanescentes são abertas a toda a população. Para verificar a disponibilidade, os interessados devem fazer contato através do e-mail cresans.mpl@pbh.gov.br , indicando quais módulos são de interesse e se têm disponibilidade para estudar no turno da manhã ou tarde. Para acompanhar a abertura das inscrições para novas turmas, também é preciso fazer contato através do e-mail cresans.mpl@pbh.gov.br .

O acesso ao Cresans Mercado Popular da Lagoinha é feito pela avenida Antônio Carlos, 821, no bairro Lagoinha. O horário de funcionamento é das 7h às 17h, de segunda a sexta-feira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui