Rio entra em estágio de atenção com alerta de chuva forte nesta segunda-feira

Há previsão de pancadas de chuva forte nas próximas horas, principalmente na orla. O estágio de atenção é o terceiro nível em uma escala de cinco medidas divulgada pela prefeitura sobre chuvas.

Chuva forte deixa o Rio em estágio de atenção

Chuva forte deixa o Rio em estágio de atenção

A cidade do Rio entrou em estágio de atenção às 5h50 por causa da chuva que atinge a cidade na manhã desta segunda-feira (13). Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, houve registro de 10 mm em 15 minutos em pelo menos duas estações pluviométricas do Sistema Alerta Rio.

Alguns bairros da Zona Sul, como o Jardim Botânico, já registram bolsões d´água nesta manhã. A chuva deve ser intensa nas regiões metropolitana, serrana e no Sul do estado. A Avenida Brasil tem interdições em trechos do Caju, Manguinhos, Parada de Lucas e Bonsucesso em função da formação de bolsões d’água.

Rocinha registra chuva forte nesta segunda (13)

Rocinha registra chuva forte nesta segunda (13)

Na saída do Túnel Rebouças, os acessos para o Humaitá e para a Avenida Borges de Medeiros estão fechados, devido a acúmulo de água. Às 6h45, seguiam abertas as saídas para Rua Jardim Botânico e para a Avenida Epitácio Pessoa.

De acordo com o Alerta Rio, nas últimas 24 horas choveu 75,6 milímetros na região da Rocinha, o que representa 43% do esperado para todo o mês de janeiro, que é de 174,3 milímetros.

Chuva forma bolsões d´água no Jardim Botânico — Foto: Reprodução/TV Globo

Chuva forma bolsões d´água no Jardim Botânico — Foto: Reprodução/TV Globo

Chuva forma bolsões d´água no Jardim Botânico — Foto: Reprodução/TV Globo

Em alguns pontos as sirenes de alerta foram acionadas, como nas comunidades do Pavão-Pavãozinho e do Cantagalo.

Para as próximas horas, continua a previsão de pancadas de chuva forte na cidade, principalmente na orla do município.

O estágio de atenção é o terceiro nível em uma escala de cinco e significa que uma ou mais ocorrências já impactam o município, afetando a rotina de parte da população.

Autoestrada Lagoa Barra tem trechos de alagamento na manhã desta segunda-feira (13) — Foto: Reprodução / TV Globo

Autoestrada Lagoa Barra tem trechos de alagamento na manhã desta segunda-feira (13) — Foto: Reprodução / TV Globo

Autoestrada Lagoa Barra tem trechos de alagamento na manhã desta segunda-feira (13) — Foto: Reprodução / TV Globo

  • Por conta da chuva, a prefeitura faz as seguintes recomendações:
  • Não se desloque pelas regiões mais afetadas pela chuva;
  • Evite áreas sujeitas a alagamentos e/ou deslizamentos;
  • Não force a passagem de veículos em áreas aparentemente alagadas;
  • Em casos de ventos fortes e/ou chuvas com descargas elétricas, evite ficar próximo a árvores ou em áreas descampadas;
  • Em pontos de alagamento, evite contato direto com postes ou equipamentos que possam estar energizados;
  • Evite o contato com a água de alagamentos. A água pode estar contaminada e oferecer riscos à saúde;
  • Verifique se há sinais de rachaduras em sua residência. Ao perceber trincas ou abalo na estrutura, acione a Defesa Civil pelo número 199 e evite ficar em casa;
  • Moradores de áreas de risco precisam ficar atentos aos alertas sonoros. O acionamento das sirenes indica perigo de deslizamento. As pessoas devem se deslocar para os pontos de apoio estabelecidos pela Defesa Civil Municipal. Os locais são informados pelo número 199;
  • Fique atento às informações divulgadas pelos veículos de comunicação e nas redes sociais do Centro de Operações Rio;
  • Se necessário, use os telefones de emergência 193 (Corpo de Bombeiros) e 199 (Defesa Civil).

Normalidade: sem chuva e ventos abaixo de 20 km/h;

Mobilização: sem chuva, mas com imagens de radar indicando a possibilidade de pancadas dali a três horas, além de ventos entre 40 km/h e 49,9 km/h em duas estações climáticas do Alerta Rio ou em leituras seguidas em um mesmo ponto;

Atenção: registros de chuva entre 10,1 mm e 24,9 mm em 15 minutos, além de ventos entre 60 km/h e 89,9 km/h em duas estações ou leituras seguidas;

Alerta: chuva acumulada acima de 25 mm em 15 minutos e 60 mm em uma hora. E também por ventos acima de 90 km/h em duas estações ou em leituras seguidas;

Crise: agravamento ou prolongamento do estágio de alerta e deve contar com a determinação do prefeito.

Newsletter G1Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Read More

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui