Rio registra 54,8°C de sensação térmica neste sábado na Zona Oeste, informa o Alerta Rio

A sensação foi medida na estação Guaratiba, às 14h15. Por volta das 11h, a sensação térmica chegava a quase 50°C em bairros como Jardim Botânico, Santa Cruz e Guaratiba. Previsão é de calor ao longo do fim de semana.

Manhã de sábado (11) foi marcada por altas temperaturas no Rio e na Região Metropolitana — Foto: João Navega/ Arquivo Pessoal

Manhã de sábado (11) foi marcada por altas temperaturas no Rio e na Região Metropolitana — Foto: João Navega/ Arquivo Pessoal

Manhã de sábado (11) foi marcada por altas temperaturas no Rio e na Região Metropolitana — Foto: João Navega/ Arquivo Pessoal

A cidade do Rio de Janeiro registrou 54,8ºC de sensação térmica às 14h15 neste sábado (11), na estação Guaratiba, na Zona Oeste, segundo o sistema Alerta Rio da prefeitura. A previsão indica ainda chuva com raios e trovoadas no final da tarde.

Por volta das 11h45, a sensação térmica já chegava a quase 50°C em bairros como Jardim Botânico, Santa Cruz e Guaratiba. Por volta das 13h, a estação de Santa Cruz registrou 52,7°C.Veja abaixo os índices registrados. A previsão é de calor ao longo do fim de semana.

Índices de sensação térmica em vários outros pontos da cidade:

  • Irajá – 42,9ºC
  • Jardim Botânico – 48,3ºC
  • Barra da Tijuca – 43,6ºC
  • Guaratiba – 49,3ºC
  • Santa Cruz – 48,5ºC
  • Alto da Boa Vista – 41,5ºC
  • São Cristovão – 41ºC

Desde quarta (8), o Rio registra recordes de calor. O dia mais quente do verão foi na terça-feira (7) com máxima de 37,4°C na Vila Militar, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

  • sexta-feira (10) – 48,6°C – na estação de Irajá, às 12h45;
  • quinta-feira (9) – 48,2°C -na estação de Irajá, às 13h15;
  • quarta-feira (8) – 47°C – na estação Irajá, às 11h.

Quando a temperatura e a umidade do ar estão muito altas, a soma destes fatores leva a um conceito muito comum no verão: a sensação térmica, que geralmente é muito maior do que o calor registrado nos termômetros.

O conceito e a expressão sensação térmica começaram a se popularizar após a Segunda Guerra Mundial, quando as tropas alemãs foram derrotadas numa tentativa de invasão à Rússia, durante o seu inverno rigoroso, também conhecido como “General Inverno”, o mesmo que já havia ajudado a bater Napoleão Bonaparte, em 1812.

Depois do fim do conflito mundial, em 1945, o exército americano criou um índice de avaliação do frio relacionado à velocidade do vento. Esse índice popularizou-se e passou a ser divulgado juntamente com as temperaturas. No Brasil e em outros países quentes, a sensação térmica está relacionada com a umidade relativa do ar e não com o vento, embora esse último possa diminuí-la também.

Lua cheia atrai banhistas para praias do Rio — Foto: Reprodução/ TV Globo

Lua cheia atrai banhistas para praias do Rio — Foto: Reprodução/ TV Globo

Lua cheia atrai banhistas para praias do Rio — Foto: Reprodução/ TV Globo

De acordo com o Climatempo, o dia será de calor e sol muito forte não só no Rio como em toda a Região Metropolitana. A temperatura sobe ao longo do dia. O calorão todo e a presença de umidade no ar favorece o crescimento de nuvens carregadas, há previsão para pancadas de chuva entre a tarde e a noite, pontualmente pode chover forte com raios e ventania.

No domingo (12), o dia também deve ser ensolarado e quente em todo o Estado do Rio de Janeiro. A temperatura máxima deve chegar aos 36ºC e a sensação térmica deve novamente chegar aos 40ºC. Há condições para pancadas de chuva forte entre a tarde e a noite.

Newsletter G1Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Read More

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui